AMIGOS

 

Alexandre Tambelli
A SANTA DO MORRO DA LUA
São Paulo, 22 de setembro de 2007 - 20:34h).

Na simples casinha branca
No alto do morro da lua
Morava junto da santa
O mais bêbado da rua.
 
Sofrendo, a santa, chorosa,
Toda hora o terço rezava,
Via-sacra dolorosa
Que esta Vida lhe pregava.
 
O mais bêbado da rua
Morro abaixo, morro acima,
Com a cachaça na mão.
 
E a santa: Orando pr´a lua
Tinha nos olhos mais rima
Que um soneto à perfeição...